Empreendedorismo no Século 21

por | ago 23, 2022 | Estudos de Futuros, Futurismo, Tendências

Jaqueline Weigel, jornal Gazeta do Sul, 22/08/2022

Empreender é fazer diferente, sair na frente, pensar no que poucos pensaram e entender o que o mercado precisa. Ser autônomo não é ser empreendedor, e sabemos que as grandes empresas movimentam o PIB, mas as pequenas médias movimentam a força de trabalho de um país, um dos grandes recursos do futuro.

Há décadas, empreender era ter um negócio, ser livre de patrão e de horário. Sonho de muitos, frustração de outros tantos. Quatro de cinco negócios quebravam, porque empreender exige habilidades específicas e raras, e é diferente da atuação dentro de uma empresa tradicional ou uma organização.

No Século 21, empreender foi além. Em tempo do polêmico metaverso, significa ir muito além. Empreender passou a ser buscar iniciativas que tragam soluções para as crises e os problemas sociais, usando a tecnologia como alavanca e modelos de negócio mais enxutos, com alto poder de escalabilidade. Abrir um negócio hoje e mais fácil do que a há 20 anos atrás, mas bem mais sofisticado.

A globalização vem sendo transformada, e é possível que no futuro, tenhamos pequenos ecossistemas se autogerenciando e extrapolando seus serviços e produtos para além do território geográfico. A logística do planeta está em transformação, e com a pandemia e a guerra da Ucrânia, vimos que não podemos mais depender de insumos distantes para manter a vida e a produção do dia a dia. A pandemia acelerou a mudança e a guerra encurtou o caminho do que talvez levasse anos.

A inovação está acelerada desde 2016, e todos os segmentos tiveram que mergulhar no assunto, adaptar suas rotinas, processos e cultura para sobreviver. Muitos ainda estão atrasados na digitalização dos negócios, mas qual é a próxima etapa? Onde estão as oportunidades a partir de agora? No longo prazo e na antecipação de criar o que ainda não existe e solucionar problemas antes que eles se manifestem.

Difícil de entender para alguns, sedutor para outros, como eu, que lanço este mês uma empresa de modelo avançado, que já é case de estudo antes de ser lançada.

Foco em propósito, senso de relevância, ousadia, experiencia do cliente, colaboração, rede, sustentabilidade, diversidade e alto compromisso com o mundo do futuro, estes são os ingredientes chave para o sucesso do empreendedorismo no século 21.

Sustentabilidade começa por identidade, e a forma como tratamos pessoas. Muito além de letrinhas, como ESG, a transição do mundo para o formato “verde” exige compromisso diário com tudo. Em 2030 não receberão investimentos nem terão boa reputação empresas que não se engajarem com o meio ambiente, com os problemas sociais e com a governança, que começa com a forma como tratamos as pessoas que trabalham em nossos negócios. Jornada de quatro dias, autogestão, liberdade com responsabilidade, co-criação e crescimento coletivo são assuntos que permeiam 2022 e ganham tração em 2023. As empresas serão cada vez mais descentralizadas e empreender passou a ser mudar o mundo, nada menos que isso.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Olá, como posso ajuda-lo?