Estudos e Cases publicados

PERSPECTIVAS PARA O FUTURO

Um estudo realizado pelo Centro de Pesquisas e Estudos de Futuros serviu como base para esta narrativa da nossa CEO, Jaqueline Weigel sobre pontos relevantes de reflexão para os próximos 15 anos. Os dados foram apresentados no evento de 15 anos do g1, este ano.   

O CONSUMO DA NOVA DÉCADA

Estudo de Foresight aplicado ao mercado brasileiro. Lab realizado em 2021 pela equipe W Futurismo, alunos e público em geral e estudo validado por Jaqueline Weigel e Rosana Paulucci, do Centro de Pesquisas de Futuro da W Futurismo.

CASE DE STRATEGIC FORESIGHT APLICADO NO BRASIL

Case de Strategic Foresight aplicado mostrando como as metodologias de futuro impactam a cultura organizacional e no mindset de todos os colaboradores, contribuindo diretamente para resultados financeiros mais consistentes. Um programa que durou 12 meses e gerou transformações reais em todos os níveis. 

As doenças do futuro

As doenças do futuro já estão postas, e já temos efeitos colaterais da era digital, que somados à pandemia intensificam o cenário atual e impactam o cenário futuro. A insegurança política e econômica do país e a visão de curto prazo podem nos deixar reféns de futuros sombrios e preocupantes.

Olhar para o longo prazo nos dá perspectivas, e oportunidades de agir. A falta de uma ampla visão sistêmica vem fazendo com que doenças do passado roubem investimentos do futuro, porque fomos responsivos apenas não antecipatórios.

O reset da liderança

O mindset da gestão organizacional precisa estar conectado com o modelo mental da sociedade, entendendo que a diversidade favorece a criatividade, que existirão novas relações de trabalho (informal, livre e remoto) e que a nova medida é a entrega que gera resultado orgânico e não a produtividade. Criar o que ainda não existe é a nova forma de sair na frente, sem garantias de perpetuidade de qualquer forma.

Negócios em 2021

A gestão pós-moderna é digital ou promove a migração para os modelos digitais, criando novas frentes de negócios dentro do negócio que já existe. Revisar o modelo, a estrutura, a dinâmica e digitalizar processos com metodologias ágeis é o início do caminho, mas não o aspecto final.

Empresas pós-modernas pensam globalmente e agem localmente de forma integrada ao todo global. O lucro está associado a impacto social que vira propósito e traz uma causa nobre como convite para o trabalho engajado. Empresas precisam ter responsabilidade e consciência ambiental, fazendo com que o discurso de antes passe a ser uma prática contínua.

O estado do mundo em 2020

A gestão pós-moderna é digital ou promove a migração para os modelos digitais, criando novas frentes de negócios dentro do negócio que já existe. Revisar o modelo, a estrutura, a dinâmica e digitalizar processos com metodologias ágeis é o início do caminho, mas não o aspecto final.